Death Stranding 2: On the Beach Terá Mudanças de Terreno em Tempo Real Causadas por Desastres Naturais

O trailer de Death Stranding 2: On the Beach apresentado no State of Play foi repleto de detalhes, e, dias após sua estreia, ainda estamos explorando suas nuances e descobrindo todos os segredos que esconde. Criar trailers misteriosos e gerar uma constante onda de perguntas é uma característica marcante de Hideo Kojima ao promover seus jogos. Em um episódio recente do seu programa no YouTube, HideoTube (o primeiro em mais de sete anos), Kojima compartilhou detalhes significativos sobre o jogo, enquanto comentava o referido trailer.

Um detalhe crucial revelado por Kojima é que Death Stranding 2: On the Beach contará com deformação de terreno em tempo real. Os jogadores enfrentarão desastres naturais como terremotos, incêndios florestais, inundações e mais, que mudarão o terreno dinamicamente e em tempo real, forçando os jogadores a mudarem seus planos e improvisarem instantaneamente.

Death Stranding 2 Terá Mudanças de Terreno em Tempo Real Causadas por Desastres Naturais

No trailer recente, já tivemos vislumbres de como isso se materializará no jogo, onde uma enchente repentina é mostrada destruindo uma ponte, sem mencionar um deslizamento de terra inteiro ocorrendo durante um terremoto. Ainda resta ver se todos os eventos de desastres naturais no jogo serão tão severos e qual será a variedade dos desastres que terão que ser enfrentados.

Comentando sobre a cena da enchente, Kojima disse: “Isso é uma inundação. O terreno muda em tempo real durante o jogo. Há terremotos, incêndios florestais, inundações, então você precisa ter cuidado. Uma estrada pode ser cortada.”

Leia mais:

No Death Stranding original, analisar o ambiente ao redor e descobrir a melhor forma de navegar e superar seus obstáculos naturais era um elemento chave da jogabilidade. Portanto, a perspectiva de ter desastres naturais dinâmicos interferindo nesse aspecto é certamente intrigante.

Durante o episódio de HideoTube, Kojima também confirmou que Death Stranding 2 não se passa nas United Cities of America (como o trailer mais recente deixou claro), mas sim em um continente completamente diferente. Essa mudança de cenário promete renovar a experiência do jogo, introduzindo novos desafios e aventuras para os jogadores explorarem.