Dragon’s Dogma 2 trás pelos realistas na Criação de Personagens

Dragon’s Dogma 2, o robusto RPG da Capcom, está iniciando uma nova jornada no PS5 a partir de 22 de março. Antes que essa grande aventura comece, os jogadores devem superar um dos desafios mais consistentes dos RPGs: a criação de personagens. Uma visão detalhada do sistema de criação de personagens foi revelada como parte da cobertura contínua do jogo pela IGN, permitindo aos jogadores diferenciar meticulosamente seu personagem e um companheiro IA, ou criar monstros aterrorizantes.

O sistema de criação de personagens foi aprimorado para permitir uma personalização além do que era possível no jogo original. Isso foi alcançado adicionando dois tipos de corpo por raça, nove corpos base por tipo e inúmeras variações de cabeça a partir de mais de 100 scans de cabeças humanas. Como em Dark Souls e Fallout, parâmetros individuais para coisas cada vez mais específicas, como tamanho das armadilhas e comprimento do tronco, podem ser ajustados ainda mais.

Novidades para os Fãs de Personagens Peludos

Para aqueles que preferem seus personagens cobertos de pelo, a raça Beastren foi adicionada. A Capcom estudou padrões e características de pelo de felinos para trazer o pelo, garras e presas mais realistas para o jogo. Isso foi algo que o diretor Hideaki Itsuno queria incluir no jogo original, mas as limitações de hardware da época impediram os jogadores de jogar como grandes felinos, o que não será um problema desta vez, graças ao poder de processamento do PS5.

Leia mais:

Dragon’s Dogma 2 promete ser uma experiência envolvente e personalizável para os fãs do gênero. Com a adição de novas raças e opções de personalização, os jogadores podem esperar uma experiência ainda mais rica e detalhada no mundo do jogo.